Dicas para Iniciantes na Bruxaria

by - abril 04, 2018

Hell-o, trevosinhas, turupom?

Esse post era pra ter saído na sexta-feira passada, aí resolvi deixar para a sexta-feira dessa semana. Hoje era pra ter Darkoutfit, mas eu passei as fotos pro HD externo e esqueci o HD externo em casa! Então passei o post de sexta pra hoje, e o darkoutfit sai na sexta, ok? <3 Vamos começar?

Eu comecei a me interessar com mais afinco na bruxaria há três anos atrás. Antes de eu começar a estudar como bruxa, eu já estudava tópicos de bruxaria, gostava de estudar símbolos, ervas, coisas sobre energias, oráculos e etc. Mas só no começo de 2015 mesmo que eu comecei a entender que o que eu tava estudando era bruxaria. 

É complicado ser bruxa solitária no início, porque muitos iniciantes não tem a quem pedir orientação. Pensando nisso e na série de coisas que eu fui aprendendo ao passar desses anos que seriam essenciais pra minha formação no começo, eu bolei esse post. Vamos começar?




  • Você não precisa ter um altar estilo Pinterest
É claro que todo mundo quer um altar completo, cheio de coisas bonitinhas e de preferência que dê pra mudar a cara do altar a cada ocasião. Mas você não precisa disso no começo. Você vai ler por aí que precisa ter um caldeirão, um athame, um boline, um pentáculo, etc. Você não se torna bruxo pela quantidade de produtos mágicos que você tem, e sim pelo seu estudo, experiência e conexão com a Arte. "Ah, mas pra abrir o círculo eu preciso de um athame". O athame é um ótimo direcionador de energia, mas a energia vem de você, então você pode abrir o círculo com o seu dedo, se quiser. Vá com calma, se tiver que escolher entre comprar livros de bruxaria ou comprar algo pro altar, compre um livro de bruxaria e estude!

  • Visualização é importante
Eu falei que não precisa ter todos os itens do altar pra fazer um ritual, e grande parte disso é o fato de que a visualização é algo que pode ajudar muito a "montar" seu altar. Se você não tem um athame, imagine-se tendo. Fazendo o ritual com ele. Visualização é muito importante. No meu primeiro sabbat eu tinha apenas velas. Eu visualizei tudo, uma vela bonita pra Deusa e outra pro Deus, um caldeirão do jeito que sempre sonhei, um athame de madeira cheio de runas, uma toalha de mesa bonita, várias pedras e cristais. Hoje em dia eu tenho quase tudo o que preciso em um altar e eu tenho certeza que o fato de eu sempre visualizar o altar do jeito que eu sonho em ter ajuda muito nisso. Além disso, a visualização é algo que vai te ajudar em todo o seu caminho na Arte. Uma boa dica de treinar a visualização é começar a visualizar um círculo/bolha/célula te protegendo de todos os males. Depois você pode ir aumentando ou diminuindo o tamanho da proteção que está visualizando, é um excelente exercício.

  • Você não precisa ter uma biblioteca bruxa
A primeira dica é: se puder comprar livros de bruxaria, compre. Tanto na esfera nacional quanto internacional temos autores maravilhosos e experientes na Arte e comprar o livro ajuda muito o trabalho deles. Mas você não precisa se sentir culpado se por um motivo ou outro não conseguir comprar livros. Às vezes são os pais que encanam, às vezes o problema é a falta de grana. Mas você realmente não precisa se matar pra ter livros. Você pode baixar livros em pdf, ler blogs, sites, achar canais do YouTube. O importante é: não pare de estudar. E quando tiver condições, compre os livros pra prestigiar esses autores. Sem pressão, o importante é você estar sempre buscando conhecimento.



  • Não pratique sem vontade
Essa foi uma das que eu mais tive dificuldade pra aprender. Eu me sentia muito culpada se não me preparava pra algum Sabbat e se deixava passar eu ficava me sentindo mais mal ainda. Tem dias que a gente não tá com energia boa e não dá vontade de estudar, praticar ou celebrar nada, e minha dica é: não estude, pratique ou celebre nada. A magia se manifesta na gente quando é hora de agir, e se não deu vontade, talvez é porque não é pra você fazer aquele ritual mesmo. Volte a estudar, praticar ou celebrar quando tem vontade. Nossa intenção/vontade é uma das coisas mais fortes para a prática da bruxaria, se sua energia está bagunçada, o resultado do ritual/feitiço ou o que fizer vai ficar tão bagunçado quanto.

  • Seu pensamento tem poder
Esse é o principal motivo pelo qual você não deve praticar sem vontade: nossa intenção é poderosa. Você já deve ter escutado que a palavra tem poder. É verdade! Eu sei que é difícil condicionar o pensamento para não sermos negativos, mas visualizar coisas boas traz bons resultados. A sua intenção na hora de fazer magia é muito importante. Uma vez eu fiz um ritual pra banir estresse e depressão, porém eu tava em uma crise de depressão e não me imaginava saindo dela. Ou seja: é claro que o ritual não deu certo! Eu não estou dizendo que você precisa estar feliz pra fazer um ritual para banir depressão, mas você precisa querer ficar feliz. Imagina a felicidade vindo. Não adianta fazer o feitiço todo certinho se o principal, que é a sua intenção, está errado.

  • Tudo aquilo que você fizer, voltará para você multiplicado por três 
Talvez essa seja uma das dicas mais importantes. A magia não é boa ou ruim, ela está no coração da bruxa ou bruxo que a pratica. Então tenha em mente que você pode até prejudicar alguém usando magia, mas saiba que isso voltará pra você. Essa é a Lei Tríplice e é usada na Wicca, mas eu recomendo a todo mundo que faça bruxaria, sendo wiccano ou não. 

  • Não interfira no livre arbítrio alheio
Ou seja: não faça magias de amarração, nem pra mudar a cabeça de tal pessoa. O seu limite na magia deve ser o livre-arbítrio do outro. Um exemplo: quero ficar com uma pessoa, mas ela não me quer. Ao invés de fazer uma magia de amarração, que OBRIGUE essa pessoa a ficar comigo, FORÇANDO-A energicamente para fazer isso, eu posso fazer um feitiço para atrair amor verdadeiro. Se a pessoa não surgir na minha vida é porque ela não deveria estar. Já se viu preso a uma situação que não te deixava bem, mas você não tinha forças pra sair dela? Uma amarração é assim. Ou seja: não faça isso a não ser que esteja muito ciente dos resultados e queira encarar essa responsabilidade. 
  • A Magia não é uma verdade absoluta
A medida que você for lendo e estudando, vai ver que muitas vezes você encontra informações diferentes. Principalmente na internet, é complicado confiar de primeira no que você está lendo. Algo que funcionou muito comigo no início, quando eu não sabia em que fonte acreditar, foi olhar pra mim mesma. O que eu acreditava? Qual versão eu sentia que era mais certa? Eu sempre falei que a magia somos nós que fazemos, porque vamos juntando informações aqui e ali e escolhendo no que acreditar. Você tem que criar a sua versão de magia que vai ser diferente da minha, que é diferente da sua amiga, etc. Acredite, quando se deparar com duas versões de um mesmo ensinamento, olhe pra dentro de si e você vai saber no que acreditar.

  • Preste atenção no universo ao seu redor
Vou contar uma história pra vocês: certo dia lendo o Oficina das Bruxas, vi um post que falava sobre descobrir seu deus pai e sua deusa mãe. Fiz o ritual e pedi sinais para identificar quem seria minha deusa mãe. Ao longo do dia, toda vez que eu pensava no ritual pedindo sinais, aparecia alguma notificação do meu insta ou do me blog. Eu passei o dia inteiro pensando nos sinais e logo em seguida, sem eu procurar, aparecia algo do blog ou do insta. Sabe quando eu me toquei? Quando tô no Facebook e vejo indicações de pessoas para adicionar e a primeira se chama Perséfone. E achei o perfil dessa moça chamada Perséfone logo após pensar se eu receberia algum sinal indicando quem era minha mãe. De repente tudo ficou óbvio: claro que Perséfone era minha deusa mãe, a influência dela na minha vida é enorme, até mesmo antes de saber que ela era minha mãe eu já tinha escolhido o nome do blog e do insta baseado em Perséfone! Por isso é bom sempre prestar atenção nos sinais que nos estão sendo enviados, às vezes eles estão disfarçados em coisas corriqueiras das nossas vidas. Se pediu um sinal de algo, fique atento. Ele virá, só basta prestar atenção!

  • Seja um com a Natureza
Apesar de dar vontade, essa parte não significa que você tem que abandonar sua vida urbana e ir viver no mato. Mas quando puder, sinta o vento no seu rosto. Toque nas plantas, sinta sua textura. Deixe-se absorver pela energia da Natureza. Quando puder, vá para uma cachoeira e veja a água correr. Olhe o céu, observe o desenho das estrelas. Fique observando uma borboleta voar. Depois que você estabelece uma conexão com a Natureza, é como se ela te acalmasse. Você vê magia em todos os processos naturais. Eu não vou explicar, pois minha relação com a Natureza é algo que é único, e a sua relação com a Natureza também vai ser única e diferente de todo mundo. Porém tudo começa com você parando um minutinho do seu dia para apreciar a Natureza.

  • Estude as diferentes formas de magia e a base de tudo isso
Magia não é só celebração e feitiço. Você pode estudar ervas, velas, os diferentes tipos de oráculos, deuses de cada uma das mitologias, incensos, sigilos... Quando eu digo que ainda sou iniciante em parte é porque me perco na infinidade de coisas pra estudar. Eu e a maioria dos bruxos muito mais experientes que eu vão te falar que não sabem de tudo, porque cara, a gente não sabe mesmo. Não tem como. A bruxaria é muito ampla e tem muitos anos de história para serem aprendidos. Além de decidir o que você prefere estudar e qual caminho na Arte seguir, é importante também saber como surgiu a bruxaria, como ela se manifestava há séculos atrás. Antes de olharmos pro futuro é importante também olharmos pra nossa base e ver de onde veio o conhecimento que estamos estudando. 


Eu sempre fico com a sensação de que tenho mais a falar, mas é que magia é um negócio muito amplo, não tem como eu esclarecer pra vocês em um post ou até mesmo em vários. Nem que eu postasse diariamente sobre bruxaria eu ainda não cobriria todos os assuntos. Queria mais dar uma ideia geral pra quem está começando e está cheio de dúvidas, ou deixa de fazer uma coisa ou outra por não saber como. 

Mas e aí, o que acharam das dicas? Se você tiver alguma dúvida e não tenha com quem conversar, pode deixar aqui nos comentários que eu respondo. Eu não sou expert em magia e falo aqui só sobre o que sei, mas posso ajudar se você tiver alguma dúvida. Por hoje é só, até segunda-feira com post novo!

You May Also Like

4 comentários

  1. Achei seu post completo e bastante útil pra alguém que ta se sentindo perdido. Pra mim magia e bruxaria sempre foi algo ancestral, sempre esteve comigo desde criança então muita coisa eu já sabia e ainda assim o que eu sabia era um grão de areia. Eu acompanho muito o Oficina das Bruxas, inclusive to no grupo da Raquel no facebook. Esse blog é sensacional pq me abriu muito os olhos ao longo do meu despertar. Uma coisa que eu deixo acrescentado aqui são os 4 pilares da magia: OUSAR QUERER SABER CALAR. Quando a gente entende isso faz uma diferença enorme em tudo. E também a importância da sua intuição e do seu próprio entendimento através do que ta conhecendo. Dentro da magia não existe certo e errado, existe o que você entende que deve ou não fazer, seguir ou praticar.
    Amei seu post, Rafa <3
    Um beijo!
    https://purrrevil.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  2. Amei tanto esse post! Valeu a pena esperar! tenho sentido a magia bem mais forte em mim ultimamente, principalmente depois de descobrir o Oficina (que descobri aqui, aliás)
    meu próximo passo é começar a montar um altarzinho discreto, pra que minha mãe nem perceba que é um altar hahahha então a dica da visualização vai ser ótima!
    Bjão amora!

    ResponderExcluir
  3. Eu acho tão maravilhosos seus posts de bruxaria <3 <3

    ResponderExcluir
  4. Gostei muito do que você disse sobre a visualização, acho que tudo o que vem de dentro é o que importa mesmo. Visualiza, estar com os pensamentos alinhados, isso é o que vai ajudar a alcançar o resultado. Obrigada pelas dicas! ♥

    ResponderExcluir

• Comentários agressivos à autora ou aos leitores do blog não serão aceitos;
• Todos os comentários são respondidos, mesmo que demore uns dias. Se quiser acompanhar a resposta ao seu comentário, clique em "Notifique-me" que fica pertinho da caixa de comentário :)
• Se tiver blog, comente o link dele pra eu retribuir a visita :)
• Sua opinião é super importante e é o que me motiva a continuar postando. Obrigada desde já por comentar!