quarta-feira, 26 de abril de 2017

BEDA 26 - Sobre ser gorda, autoaceitação e quase um ano de blog

Fashion is not about size, it is about attitude.

Hoje eu vim falar um pouco sobre autoestima e autoaceitação. É até engraçado falar sobre isso aqui no blog, afinal, foi justamente o blog que me ajudou com que eu me aceitasse. Eu sempre gostei de me fotografar, mas antes eu fotografava e postava no Instagram ou no Facebook. Postava, mas se eu me achasse gorda ou tivesse feito alguma posição estranha eu excluía logo depois. Ficava insegura.

Todos os corpos são corpos bons
À medida que fui postando os looks aqui eu fui tanto começando a me aceitar quando sendo aceita. Achei que as pessoas iam comentar da barriga saltada pra fora da saia, ou aquela gordurinha do lado do braço. Vou ser sincera pra vocês: não é fácil ser gorda. Você passa a vida inteira sendo julgada apenas pelo seu corpo, como se ele definisse quem você é. A gorda é aquela do rostinho bonito, mas que ficaria realmente bonita se emagrecesse. Como se você fosse só o seu corpo. É foda não encontrar roupas que sirvam em você e crescer se sentindo culpada por comer. Ou comer pensando "Minha vida é uma merda, só me resta comer e ser gorda pra sempre". Tem horas que ser gorda pesa demais, e pesa na mente. 

Antes eu via problemas em ser gorda pra sempre. Mas sabe o que é engraçado? Hoje eu sei que não tem o mínimo problema em ser gorda, mas que é muito importante se alimentar bem. E eu me alimento bem. E isso basta pra mim. Se basta para os outros? Não sei. Eu só sei que me sentir bem vem antes de fazer o que as pessoas querem e que eu não preciso da aceitação dos outros, apenas da minha. Mas é claro que pra isso eu precisei primeiro ter muita coragem de dar a cara a tapa, fazer um blog e postar meus looks. Eu só pensava "quem é que quer ver uma gorda roqueira"? Hoje eu já penso assim "Porra, eu adoro ver minas roqueiras e gordas amando seu corpo e arrasando em looks maravilhosos!" e bom, se eu puder, eu quero ser uma dessas minas que se ama e gosta de postar looks trevosos, e que quem sabe pode estar ensinando outras pessoas gordas a se amarem e se aceitarem. 

parece até que me desenharam e esqueceram as tatuagens! UHAUHAUHAUHAU
Eu aceitando meu corpo, postando meus looks, perdendo a vergonha nas fotos foi fundamental pra mim. Haviam diversas situações que eu aceitava por ficar me culpando por ser gorda, atitudes de pessoas que me tratavam diferente pelo meu peso. Não quero entrar em detalhes, só queria dizer que quando as pessoas querem te machucar, elas apontam o dedo para a sua maior fraqueza, Aí eu decidi que não ia deixar meu peso ser minha fraqueza. Porque eu tenho várias qualidades e ser gorda não anula nenhuma delas.

Não deixe que as pessoas usem coisas que os tornam diferente do aceitável para te diminuir, ou te impedir de alcançar algo que você queira. Em mais de uma década na blogosfera eu queria ter um blog para falar sobre looks, moda alternativa e etc desde que blogs assim começaram a surgir. Por muitos anos eu deixei meu sonho de lado por ser gorda, acreditam? Um ano depois eu me cobro por não ter começado antes o blog!

Ilustra da Carol Rossetti
Foi muito bem ter escrito esse post, sabiam? Me deu vontade de criar uns vários Darkoutfits agora! UHAUAHUAHUAHUHA Vou ver se consigo fotografar um amanhã! Ah, sei que ficou faltando post uns dias e eu tô terminando de editar meus rascunhos pra ter posts nesses dias também, mesmo que eles já tenham passado! Por hoje é isso, lembrem-se: amai a si mesmo como quer que te amem! Amor próprio arrasa, baby! Até amanhã e espero que vocês tenham gostado desse post!

4 comentários:

  1. Olá Rafalinda!!
    Nossa esse post me tocou, chorei agora. Apesar de ser oposto de ti também sofri com o meu peso, por ser magra demais.
    Ouve um tempo no qual comia mesmo sem ter fome, só pra conseguir "as curvas", claro que não deu certo. Depois de muito tempo procurei uma nutricionista e consegui perceber que tudo bem não ter "as curvas". Hoje estou feliz com meu corpo. Mas mesmo assim ainda tenho vergonha no corpo, tem dias que eu mando um foda-se, mas tem dias que as pessoas conseguem me fazer sentir mal com meu próprio corpo, seja por causa da celulite, das estrias...
    Posso dizer que estou tentando de verdade em me aceitar da forma que eu sou, mesmo com os "defeitos" que a sociedade apontam que tenho. Esse processo de aceitação vai muito além do peso.
    Espero que um dia eu posso dizer que me aceito de verdade. Enfim se fosse continuar falar tudo queria esse comentário iria ficar gigantesco hahah
    Rafa esse post me ajudou muito, obrigada.
    Um grande beijo linda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Alice, seria tão bom se a gente vivesse em uma sociedade que respeita quem somos e não o que o nosso corpo é?
      Eu nunca apareci aqui de biquíni e eu sou pálida que nem um palmito na barriga e tenho muitas estrias... Mas eu também preciso de vitamina D e o Sol brilha para todos, então eu ligo o foda-se e aproveito!
      Espero que logo em breve você consiga conquistar a autoaceitação e eu fico muito, muito feliz de ter te ajudado!
      Um beijao e um abraço bem apertado!

      Excluir
  2. Que orgulho!!!! queria que um dia todas que se sentem mal ao se olhar no espelho apenas por conta de uns quilos a mais possam se sentir assim como a gente, feliz com o corpo que temos independente de números e medidas. Medidas limitam, e que a Deusa me livre de ser limitada hahahah
    Bjão sua maravilhosa! Bora encher a blogosfera de darkoutfit de gorda <3 <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nayara, deusa maravilhosa!
      Também queria que as pessoas não precisassem ficar sofrendo por números e etc, e que elas não gostassem de ser limitadas, assim como a gente!
      Eu quero ver cada dia mais as gordas fazendo pose com os looks arrasadores! E enquanto não surgem mais minas assim, vamos garantir que tenha vários looks trevosos de minas sem medidas, né, Naay? <3
      Beijo, sua linda!

      Excluir

• Comentários agressivos à autora ou aos leitores do blog não serão aceitos;
• Todos os comentários são respondidos, mesmo que demore uns dias. Se quiser acompanhar a resposta ao seu comentário, clique em "Notifique-me" que fica pertinho da caixa de comentário :)
• Se tiver blog, comente o link dele pra eu retribuir a visita :)
• Sua opinião é super importante e é o que me motiva a continuar postando. Obrigada desde já por comentar!