Tatuagens que eu faria | BEDA 2.0 #8

Hello estranhinhos!

Hoje eu vim compartilhar um pouco das minhas ideias atuais de tatuagens, um dos posts que dei ideia de fazer no grupo do Universo Alternativo e lembrei de fazer depois desse post da Bruna Morgan. Trouxe pra vocês algumas tattoos que encontrei no Pinterest esses dias, e são tatuagens que eu faria muito facilmente. O post de hoje vai ser mais visual, mas vou numerar as tatuagens pra vocês falarem se gostaram e de quais gostaram, ok? <3

1. 



2.


3.


4.

 5.


6.


7.


8.


9.


10.


11.


12.


13.


14.


E aí, o que acharam das tattoos que eu quero fazer? Essas são só algumas das que eu quero, outras eu já tenho  planejadas, o que falta é estabilidade financeira pra riscar o corpo! UAHUAHAUHAUHAUHA Mas quem sabe rola um concursinho e aí fica tudo de boas, não é mesmo? <3 Eu ainda quero me riscar muito, e tem muitas tatuagens nos braços nas imagens acima porque uma das coisas que eu quero fechar de tattoos são os braços! <3

Então por hoje é isso, beijão!

Comentários

  1. Aaaaaaaaaaa olha essas tatuagens bruxescas *0* maravilhosas huahua olha essas rosas negras aaaaaa

    Com amor,
    Bruna Morgan

    ResponderExcluir
  2. Adorei as tattoos!
    Faria quase todas também ^^
    Eu também quero fechar os braços de tattoos. Um tá quase lá. Espero terminar ainda esse ano.. rs
    bjin

    https://monevenzel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

• Comentários agressivos à autora ou aos leitores do blog não serão aceitos;
• Todos os comentários são respondidos, mesmo que demore uns dias. Se quiser acompanhar a resposta ao seu comentário, clique em "Notifique-me" que fica pertinho da caixa de comentário :)
• Se tiver blog, comente o link dele pra eu retribuir a visita :)
• Sua opinião é super importante e é o que me motiva a continuar postando. Obrigada desde já por comentar!

Postagens mais visitadas deste blog

Pin-ups trevosas do Brasil (post em parceria com a @violet.coffin)

Pin-ups alternativas brasileiras (Parte II)

Pin-ups alternativas brasileiras (Parte III)