Memórias da minha infância e adolescência - BEDA 2.0 #15

by - agosto 15, 2017

Hello, meninas!

Todo dia 15 é dia de mais um post do Projeto de Escrita do Universo Alternativo, projeto criado pela Jaqueline Campos do blog 4sphyxi4. E o desafio de hoje é trazer algumas memórias da infância e da adolescência, então eu vou realmente tentar colocar o máximo de fotos antigas aqui, porque pretendo fazer um vídeo falando sobre uma parte especial da minha adolescência: a fase emo. UAHAUHAUHAUHAUHAHA Vamos ver as fotos?




Eu nasci em 1992 e não muito depois eu me tornei essa criatura extremamente sorridente em fotos, super posista e supostamente carnavalesca. AUHAUHAUHAUHAU Como toda criança dos anos 90, eu fui obrigada a entrar em roupas que várias crianças já tinham entrado pra tirar foto. Por isso eu fui uma ovelhinha da Parmalat e um o B2 do Bananas de Pijamas. AUHAUHAUHAUHAUH ANOS 90 MELHOR ÉPOCA! Nas fotos acima eu tenho 2, 3 e 4 anos, respectivamente. Eu sempre gostei de fotos, sempre fui fotogênica, mas desde sempre também eu gostava de fotografar e ser fotografada <3




Eu sou cearense, mas entre 1998 e 2011 eu e minha mãe moramos no Rio Grande do Sul, que foi quando eu absorvi muito da cultura gaucha (e do sotaque) e cheguei a ser prendinha. AUHAUHAUHA Na cultura gaudéria, a mulher é prenda e o homem é peão. E aí as pessoas vão nos CTGs (Centros de Tradição Gaúcha) dançar e tomar um trago, além de comer churrasco, claro. E na foto acima eu tô bem linda de prendinha com o irmão do meu amigo vestido de peão. Eu tinha 7 anos nessa foto (e 6 na foto do chimarrão) e apesar de eu estar sorrindo, eu tava bem nervosa por segurar a mão do crush. AAUHAUHAUHAUHAUHAUA





Agora a gente faz um salto pra minha fase emo, porque eu não tenho fotos dos meus 9 aos 16 anos no computador. Eu tava com um cabelão (porém talvez uns 30cm a menos do que eu tenho hoje) e resolvi diminuir. Aí dividi o cabelo no meio e fui cortando. Fui cortando e cortando e toda vez que cortava ficava torto, até que ele ficou do tamanho das fotos acima, quando chorando, eu pedi pra minha mãe deixar o cabelo reto AUHAUHAUHA Quando o cabelo tava comprido eu fazia mechas cor de rosa, quando cortei resolvi investir no verde, se é que dá pra notar nas fotos acima. 



Aí, com o cabelo mais crescidinho, eu fui convidada pra um cabeleireiro da minha cidade (já no Ceará) pra servir de modelo capilar pra ele testar umas tintas de uma marca lá. Aí quando ele começou a descolorir começou a aparecer o verde que já era pra ter saído. Aí meu cabelo ficou verde, castanho, vermelho, preto e loiro. E aí eu fiquei dois meses me achando a menina do clipe de 5 Colours In Her Hair, do McFly. AUHAUHAUHAU Aí quando começou a sair a tinta eu taquei um roxo por cima de algumas mechas, e fui usando roxo por um tempo, porém não tenho mais fotos dessa fase :/


 

E aí, já com 17 e muito cansada de pintar e descolorir cabelos, eu resolvi aquietar o cu e pintar ele de preto, mas deixar a parte de baixo descolorida. Nessa fase eu tava ainda na fase emo, porém mais pro lado do screamo. Percebam como minha franja era cuidadosamente jogada por cima da testa UAHUAHAUHUA Eu só tenho fase dessa época porque a Renata (essa menina das fotos) salvou essas, porque a real é que a burra aqui salvava as fotos todas no Orkut e esqueceu de ir lá baixar elas antes do Orkut acabar. Porém essa época foi importante porque foi o começo da minha fase de querer usar só preto.

Gente, não sei o post era pra ser assim, mas foi assim que eu fiz UAHUAHUAHAUHUA Eu vou falar melhor sobre a fase emo em vídeo, como disse lá em cima. Eu tava com o vídeo gravado e sem conseguir editar, aí acabei tendo que excluir do celular porque tava ocupando muito espaço, e agora vou ter que gravar de novo. Mas prometo que vai ficar bem legal! Um beijão e obrigada pelo carinho, até o próximo post! <3

You May Also Like

10 comentários

  1. HAUHAUHA! Rafaaa adorei! E vou ficar esperando o vidjo também, vou começar a editar o meu hoje, espero que não tenha ficado muito sofrido, porque aí eu consigo postar sem sentir muita vergonha de mim. UHAUHAUHA! E menina, adorei sua história! Queria ter mais fotos dessa fase também! Beijão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tô louca pra ver teu vídeo! UAHUAHUAH
      E pena que a gente não tem mais fotos da nossa época emo UAHUAHUAH As minhas eram meio cômicas!
      Beijão, Jaquelinda!

      Excluir
  2. Quantas fotos e eu tenho poucas acredita?
    Não da 5 bebê no total =/ que pena!

    Beijinhosss ;*
    Blog Resenhas da Pâm

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai sério?
      Eu tenho mais que isso, mas tá no Ceará e eu moro em RS :/
      Beijão!

      Excluir
  3. Ir cortando o cabelão sozinha em casa e depois se desesperar por não conseguir deixar reto ele já no pescoço. Quem nunca?! hueuheuhehu sua mãe ainda foi camarada e te ajudou, a minha me deu uns tapas huehuehuehue
    Adorei o post, o vídeo emo é pra quando? eu falei sobre minha fase no último vídeo da colab, mas acho que ficou muita coisa faltando, talvez eu consiga participar com vc! :3
    Bjão sua linda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério que tu já passou por isso também? UAHAUHAUHAUHAUHAUHAUHAUHA
      Minha mãe me deu uns tapas e depois ajudou UAHUAHUAHUAH
      O vídeo emo vai sair assim que eu conseguir mudar pra casa nova e arrumar tudo, então prevejo isso lá pro dia 10/09, mas não prometo!
      E vamos participar tambééééém! <3
      Beijão!

      Excluir
  4. ps: AMEEEEI vc de fantasia, essa fda parmalat zerou a vida das fofuras hahaha <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu, até eu ME ACHO FOFA naquela fantasia da Parmalat UAHUAHUAHUAHUAHU

      Excluir
  5. Oii Rafa!
    Que linda! Não se você se lembra mas houve uma época que você comprava uma determinada quantidade de caixas de leite ou algo assim e ganhava um bichinho de pelúcia, eu tenho até hoje, mas perdi a caixa que estava escrito parmalat de que bichinho ficava segurando.
    Sempre achei/acho lindo pintar o cabelo de cor "diferente", mas de verdade só de imaginar no trabalhão que dá para manter já desisto haha Por isso mantenho o meu castanho mesmo, virgem como alguns dizem.
    "Franja era cuidadosamente jogada por cima da testa" ri pra caralho quando li isso. Mas você descreveu meu cabelo quando tinha 14/15 anos.
    Eu tenho pouquíssimas fotos da adolescência, porque nunca curti fotos rs
    Um beijão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu lembro dessa promoção sim, era maravilhosa! <3
      Eu acho lindo cabelo colorido, mas não rola mais AUHAUHUAHAUHAU
      Sei que tu não curte fotos, mas adoraria ver uma foto tua, porque faz um ano e meio que tu comenta aqui e não sei como tu é UHAUAHUHAUAHUAHUAH
      Beijão, Alice!

      Excluir

• Comentários agressivos à autora ou aos leitores do blog não serão aceitos;
• Todos os comentários são respondidos, mesmo que demore uns dias. Se quiser acompanhar a resposta ao seu comentário, clique em "Notifique-me" que fica pertinho da caixa de comentário :)
• Se tiver blog, comente o link dele pra eu retribuir a visita :)
• Sua opinião é super importante e é o que me motiva a continuar postando. Obrigada desde já por comentar!