domingo, 11 de junho de 2017

Projeto #ConhecendoLojasAlternativasBrasileiras: Dark Fashion

Hello, strangers!

Eu acho que tanto aqui quanto no Instagram eu tenho deixado bem claro o quanto eu gosto da Dark Fashion e estou sempre usando as peças que a Nivia me mandou. Foi assim que eu pude conhecer a loja, vestir as peças, ver como elas ficavam no meu corpo e enfim, ter a certeza de que eu podia recomendar a loja. Tudo o que eu descobri é que eu tô pra ver outra marca que tenha a qualidade e custo-benefício da Dark Fashion. 

Eu tenho uma admiração muito grande pela Nivia, que é dona da marca e eu simplesmente AMEI quando ela deu essa entrevista pra Sana! Desde que fechamos a parceria eu falei pra Nivia que tinha muita vontade de incluir a Dark Fashion no projeto de apresentar Lojas Alternativas Brasileiras e vou confessar, foi difícil pensar em perguntas diferentes pra fazer, porque a entrevista do Moda de Subculturas ficou muito perfeita! Decidi focar em um lado diferente para mostrar a loja pra vocês. As fotos que vocês verão no post serão de algumas das peças disponíveis no site! <3

P.s.: a modelo da foto abaixo é a linda da Cintia Gunner e foi a primeiro modelo plus da Dark Fashion! <3

Corpete 3808
1) Muitas lojas fazem roupas separadas para mulheres plus, diferente das que fazem para mulheres padrão. O que me chamou a atenção na Dark Fashion foi justamente ter as mesmas roupas para todas. Como as clientes recebem isso? Há uma preferência por peças mais "simples" ou a saída de peças é mais ou menos igual aos modelos de "tamanho padrão"?

Tenho um número grande de cliente plus, então acredito que elas estão recebendo bem os nossos produtos e também a ideia de que podem sim usar o que desejam independente do seu corpo.  Quanto à saída das peças, é meio homogêneo, até por que trabalhamos muito a questão de peças mais confortáveis e usáveis, então fica mais fácil para escolher o modelo.  

2) Como é a busca masculina por roupas alternativas na Dark Fashion? É frequente ou há uma certa inibição por parte dos homens?

O masculino tem pouca saída, até por que não dispomos muitos modelos, já que o nosso foco é mais o feminino, o masculino é mais como um bônus, hehhe, mas no futuro pretendemos mudar isso e deixar mais completo o mix para os meninos, afinal eles se preocupam com o visual também. 

3) Você, além de estilista e dona da Dark Fashion também dá aula para a área de Estilismo e Moda. Há interesse por parte dos alunos e alunas de investir na moda alternativa?

Fui professora por cerca de 8 anos na área de moda, mas agora me dedico exclusivamente para a Dark Fashion.  E esse interesse existe sim, mas é uma questão de estilo também, sempre notei que o interesse pela área de atuação esta ligado ao gosto do aluno, no caso, somente quem é alternativo se interessa de verdade por trabalhar com moda alternativa. 

Vestido 5071
4) Certamente uma das coisas que mais me chamaram a atenção na Dark Fashion é que as peças não tem um valor absurdo, contrário do que é visto em muitas outras lojas, principalmente no meio internacional. O que a levou a cobrar um preço justo, quando muitas outras lojas pesam a mão nos preços de peças do meio alternativo?

Bom, a questão de valores é muito relativa, cada marca tem uma forma de trabalho, e um custo para isso, alguns produzem, outros só revendem, então os valores podem variar muito. Trabalho com uma margem pequena de lucro pra manter os valores mais acessíveis, mesmo sendo um trabalho personalizado. A ideia sempre foi fazer o que amo e quem sabe me sustentar com isso, kkkkkk, tanto que estamos aí a quase 10 anos e ainda não fiquei rica, e o trabalho e os custos só aumentam.... Mas, as recompensas que este trabalho me dá, os clientes, os amigos, a alegria de poder fazer o que amo, de poder criar, não tem preço. 

5) Ao longo de 10 anos de loja, você tem uma média de quantas peças diferentes você criou para a Dark Fashion? #curiosa

Boa pergunta... Não faço ideia, mas foram muitas, pois algumas acabam permanentes no catálogo, mas todo ano são diversos modelos que ficam pouco tempo e logo saem de linha, fora os mais antigos que acabam às vezes recebendo uma atualização de modelagem, e os diversos modelos que nem saem do papel.   

6) Com certeza você deve ter recebidos centenas de feedbacks de peças, e tudo o que consigo pensar é que pra algumas pessoas, algumas das suas peças foram uma conquista. Os clientes compartilham contigo a felicidade de comprar uma peça sua?

Grande parte compartilha sim, e alguns mandam depoimentos e fotos, e isso me deixa muito feliz, com a sensação de dever cumprido, tanto em relação aos produtos quanto ao atendimento. Sempre peço esse feedback, até pra poder monitorar mesmo e sanar qualquer problema caso necessário.

Saia 5034
7) Sendo referência em moda alternativa do país (e na minha opinião uma das melhores estilistas do meio), o que você diria para quem está pensando em seguir carreira e investir em criar moda alternativa?

Obrigada querida, não sei se mereço o elogio, mas tento fazer o meu melhor. E pra quem deseja ingressar nesta área, se você não deseja ficar rica, e adora trabalhar, seja bem vindo(a)! kkkkkkk. Brincadeira a parte, primeiro é necessário estudar, faça uma graduação em moda, conheça sobre seu mercado de atuação, e se possível faça cursos em administração e gestão de empresas, pois por mais criativa e talentosa que a pessoa possa ser, uma empresa precisa ser bem administrada pra sobreviver. E o mais importante, aprenda sobre modelagem, esse é o segredo do negócio, mesmo que você não goste e que no futuro possa pagar um modelista, pois é aqui que você terá recursos para se diferenciar de outras marcas. Seja sempre honesto(a) e esteja pronto(a) pra trabalhar muito, pra ser criticado(a), e a ser feliz fazendo o que ama! 

8) Existe alguma peça ou coleção que de alguma maneira te marcou diferentemente e virou seu xodó?

Sempre me perguntam isso, e eu nunca consigo responder, pois cada criação tem uma história, todas são minhas filhas, então não consigo ter um xodó, adoro todas. Mas posso te dizer que a coleção Renda-se de 2014, foi de certa forma um marco, pois foi a primeira coleção lançada de verdade, e que deu um ar mais profissional a marca, antes as peças eram lançadas aleatórias, sem a abordagem de uma coleção.   

Blusa 2521
9) Você pode nos contar um pouco da experiência que é ter uma loja de moda alternativa no Brasil há 10 anos?

São quase 10 anos de muito trabalho, às vezes me sinto como se ainda engatinhasse, pois as conquistas são demoradas e com muito sacrifício, e a maior parte deste tempo eu me dediquei como professora também, então trabalhava 3 turnos. A cerca de 1 ano estou me dedicando apenas a empresa, então agora que estou tentando crescer um pouco mais, e apesar de muitas dificuldades, principalmente a falta de incentivo do governo para as pequenas empresas, principalmente no setor de confecção e têxtil, acredito que cheguei muito longe, considerando o fato de trabalhar para um nicho de mercado mais restrito de certa forma.

Porém, faço muitas amizades, aprendo muito, melhoro a cada dia como pessoa e como empresária, e sei que posso contar com pessoas maravilhosas como você para fazer parte desse trabalho. E o melhor de tudo: aprendi que felicidade é fazer outras pessoas felizes com o melhor que podemos oferecer, que é o melhor de nós através de nosso trabalho.

Corpete 3800
Bom, espero ter chegado perto do nível que foi aquela entrevista que a Nivia deu para a Sana do Moda de Subculturas! Espero também que vocês tenham gostado de conhecer esse outro lado da loja e conhecer um pouco mais sobre o trabalho da Nivea! Vale reforçar aqui que a Dark Fashion não cobra a mais para fazer roupas sob medida ou em tamanhos maiores. Isso é uma das coisas que eu mais considero sobre a loja! Obrigada pelo carinho de sempre, e por lerem o post até aqui! Um beijão e até o próximo post! <3

6 comentários:

  1. A coleção renda-se de fato é um marco, lembro quando vi pela primeira vez no MdS e fiquei louca hahaha
    Bjão Rafa, ótima entrevista, sempre muito bom conhecer um pouquinho mais das pessoas que admiramos, vc tem se saido lindamente como intermediadora disso <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Naay! <3
      A Renda-se é muito lenda, eu lembro bastante de quando lançou a coleção também!
      Obrigada, Naay! Eu tô amando isso de entrevistar, de poder apresentar melhor as pessoas e não apenas a imagem que elas tem na internet. Obrigada mesmo, é um elogio que eu amo receber por algo que eu amo fazer!
      Beijão!

      Excluir
  2. Meninaaaaa!
    Que issoooo, você arrasou na matéria e entrevista!
    A única coisa que faltou, mas isso você vai desenvolvendo com o tempo, é uma ediçãozinha nas respostas (trocando kkkk e hahaha por "risos", por exemplo) pra ficar numa abordagem mais jornalística.
    Tá tudo, tudo lindão e as perguntas foram ótimas, eu AMO a Nivia ela é uma ídola pra mim, é uma estilista tão acessível. Até hoje agradeço muito a ela por toda a confiança no meu trabalho.
    Você foi maravilhosa Rafa, parabéns! ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sana!
      Adorei receber essas dicas de ti! Eu acho que tu conduz as entrevistas muito bem! Que bom que tu gostou das perguntas! Tentei pensar em coisas que não ficassem muito repetitivas depois da tua entrevista ter sido tão completa! Eu sempre falo que a Nivia é a melhor estilista alternativa do Brasil, ela é maravilhosa!
      Muito obrigada pelo comentário, pelas dicas e pela visita aqui! Eu amo muito quando tu visita meu blog!
      Beijão, Sana diva!

      Excluir
  3. Ótima entrevista,parabéns.
    A DF com certeza é queridinha de todos,e a Nívea é um amor de pessoa,além de ser uma guerreira,tbm trabalho nessa área e sei bem das dificuldades que são muitas mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigadona, Giodiva!
      Eu amei entrevistar a Nivia justamente por isso! Sei que as dificuldades do trabalho são muitas e às vezes é meio desanimador, por isso gosto de valorizar quem insiste no ramo e faz coisas tão bonitas quanto tu e a Nivia fazem!
      Vocês merecem muito destaque sim!
      Beijão!

      Excluir

• Comentários agressivos à autora ou aos leitores do blog não serão aceitos;
• Todos os comentários são respondidos, mesmo que demore uns dias. Se quiser acompanhar a resposta ao seu comentário, clique em "Notifique-me" que fica pertinho da caixa de comentário :)
• Se tiver blog, comente o link dele pra eu retribuir a visita :)
• Sua opinião é super importante e é o que me motiva a continuar postando. Obrigada desde já por comentar!