Darkoutfit: Gorda sim, metaleira também

Say hello from darkness!

Fazia tempo que eu não trazia darkoutfit, né? Maio foi um mês que eu decidi me focar um pouquinho mais na faculdade e um pouquinho menos aqui. Apesar disso, não deixei de postar, só não postei com a frequência do BEDA! Estava eu aqui em casa bem de boas, e parei pra pensar que mais uns dias e o último Darkoutfit que postei completa um mês. Na hora pensei: "Vou fotografar essa roupa mesmo!" E foi assim que saiu o look! Querem ver como ficou?




Pouco antes de fotografar esse look, eu tava preparando um post aqui pro blog (que sai quarta-feira!) e aí tava procurando fotos e achei uma da Nadia Aboulhosn. E eu lembrei do que eu pensei a primeira vez que vi fotos dela: "Como ela posta foto com a gordurinha aparecendo?" E cara... Acabei rindo um monte ao lembrar de como eu era boba. Porque lentamente eu venho me desprendendo de pensamentos assim, sabe? Ela mostra a gordurinha porque faz parte do corpo dela, pôxa vida! E hoje eu resolvi mostrar minhas gordurinhas pra vocês!




Hoje em dia eu já penso que a Nadia nem é tão gorda assim. Ela tem por volta dos 70kgs, gente! HAHAHAHAHAHAAHAHA 70kgs são 50kgs a menos do que o meu peso! São 5kgs a mais que um peso "aceitável". Mas ok. Lembrei também da Tess Munster e sua campanha maravilhosa de mandar os padrões de beleza irem se foder! A real é a seguinte: eu não quero ficar nesse peso a vida toda, se eu pudesse escolher, eu teria 75kgs, porque se tem algo que eu não me imagino é eu magra. Mas enquanto eu estou nesse peso eu estou me amando, e se eu engordar ou emagrecer eu vou continuar me amando! Auto-estima não é algo que você ganha ou perde de acordo com o número de kgs que você tem. É um exercício diário. Não tem receita de bolo pra auto-estima. Mas uma coisa é certa: comece olhando o que você gosta em si mesma e vai descobrir o quanto você se ama (e nem sabia!). 

 

Pra completar o look caseiro (eu tava só com a camisa do Metallica e a legging preta), eu adicionei o cinto 8520 da Dark Fashion e troquei as pantufas quentinhas por esse meu tênis da Kolosh que minha mãe me deu e não sai do pé. Tirando o cinto e o tênis, é assim que eu fico em casa: camiseta de banda, legging ou shortinho, cabelo sempre preso em um coque alto, 0% de maquiagem e uns gatos bonitos do lado. O colar de camafeu (que eu tô usando sem tirar do pescoço desde ontem) é da Ravenous Loja, como vocês viram nesse post de unboxing aqui, lembram? E vocês sabem que usando o código de desconto VULTUSPERSEFONE dá pra ganhar 10% de desconto no fim das compras, né? Então dá uma olhadinha lá!

Enfim... Pra resumir esse post, que é uma espécie de darkoutfit filosófico, eu só queria dizer que existem mil coisas mais importantes na vida do que ser bonita, mas que cada um tem a sua beleza e todas as belezas são exóticas e diferentes, porque não existe ninguém igual nesse mundo! Então não importa (de verdade, não importa mesmo) se você é super magrinha, se tem o meu peso, ou o peso da Nadia, ou o peso da Tess... O que importa é que você se sinta bem consigo mesma, porque beleza vem de dentro pra fora! Então eu queria convidar vocês a se amarem e não serem tão carrascas com vocês mesmas, ok? Aqui encerro o post e até quarta com post novo! <3

Comentários

  1. Que palavras maravilhosas Rafa! Tenho nem o que acrescentar! Além de dizer que vc é linda e me deixou morrendo de vontade de comprar um cinto desses pra mim também, fechou o look com perfeição!

    Bjo meuamô!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deusa suprema! Miga, vai na fé que esse cinto é maravilhoso, eu adoro usar ele, combina com tudo! Beijão e obrigada pelo apoio de sempre, viu? Sua maravilhosa! <3

      Excluir
  2. Oiii linda eu adorei o look e essa calça com o cinto ficou muito showwwwwwwwwww!!
    E hoje em dia os padrões de beleza estão mudando GRAÇAS A DEUS...rsrs gente de esqueléticas!!!!

    P.S que cabelão meu Deus. Como queria meu coque assim kkkk!!

    Beijinhosss ;*
    Blog Resenhas da Pâm

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pam!
      Ihhh, falta muita coisa ainda pra mudar os padrões de beleza, mas fico contente que não seja mais uma ditadura da magreza! Fica anos sem cortar o cabelo, sem nem aparar as pontas e o cabelo fica desse tamanho! UHAUAHUAHUAH Beijão!

      Excluir
  3. Oi linda, amei teu post e esse texto. Eu sempre fui magra e depois que comecei a trabalhar e estudar (21 anos) ganhei uns quilos. Eu estava tão aprisionada a um padrão estético que nem notei o quanto eu estava pirando com isso. Depois q saí da faculdade e fui focar na vida me certifiquei apenas se minha saúde estava boa. Hoje estou bem comigo mesma e tento apenas comer de forma saudável. Era fácil eu dizer q me amava quando eu estava dentro de um padrão né? Passei por umas coisas de lá pra cá e hoje posso dizer q sei oq é amor próprio.

    Vc é linda e inteligente!
    Abraço,
    Jehssy.





    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jehssy!
      Esse negócio de aprender a se amar é algo que vem de dentro pra fora. Que bom que tu lidou bem com o aumento de peso, tem gente que pira total na batatinha quando engorda, já vi gente adoecer tentando emagrecer... Eu mesma já fiquei muito mal, já fiquei feliz de não comer e sentir fome de verdade, hoje eu penso que eu fiquei meio #loka da cabeça e que tô muito melhor agora!

      Eu te acho linda, Jehssy, por dentro e por fora e em cada curva dos cachinhos!
      Um beijão!

      Excluir
  4. Você está maravilhosa! E meus parabéns pela sua auto-estima e confiança, me inspira muito! Quando eu comecei a namorar eu engordei uns 15 quilos em 2 anos. E por conta desse peso adicional eu parei de usar algumas roupas que usava antes, eu tinha muita roupa "pirigotica" que deixe de usar e fiquei quase um ano sem fazer fotos de look por simplesmente não me arrumar mas no visual trabalhado para sair e não me sentir confortável quando tentava. Foi de um tempo pra cá que um amigo meu fez meu cabelo e eu me senti na obrigação de tirar fotos legais com o cabelo novo para me atualizar e dar um up! e foi só aí mesmo que voltei a me sentir confortável e a me sentir "alternativa" de novo.

    Bites!
    Tary Belmont

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tary!
      Eu amei essas fotos que tu fez com o cabelo novo, e teve umas que tu postou no insta esses dias que me fez pensar "Go, Tarsila!" <3
      Eu queria ser mais pirigótica, mas me faltam roupas! Aiii, posta mais looks pra gente! Se todos forem como aquele seu de quando você mudou o cabelo, vai ser um arraso! Beijão, viu? E lembra que tu é linda e maravilhosa, e uma das melhores cosplayers do BR!

      Excluir
  5. Oi Rafa,
    uma pergunta antes dos elogios: Como você fez "pra brusinha" vira um cropped? ADOREI ♥
    Esse teu babie é um AMOR DE FOFURA! Adoro quando tu escrever sobre "BE YOURSELF", pois eu tenho (acho que todo mundo passa) por rejeições com si próprio. Parabéns pelas motivações! É a Tess é inspiração para as minhas tattoos, amo as gordinhas!!! ♥ ♥ ♥

    xoxo,
    vestigiosdipinup.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Leehla!
      Pra essa brusinha virar um cropped eu só dobrei e amarrei nas costas! <3
      Eu tô numa fase de auto estima muito boa e quero sim passar isso pro blog! Do mesmo jeito que muita coisa que li na internet me ajudou a fazer com que eu aprendesse a me amar, acho que esse tipo de post ajuda outras pessoas, e enquanto eu puder fazer isso, vou ficar feliz! <3
      Beijão, sua linda!

      Excluir
  6. Esse post é trouxe aquela aquecidinha pra minha mente. Você é linda como é, e continuaria sendo com mais ou menos peso. Eu passei por uma barra quando adoeci há uns anos e engordei 40kg, indo dos 50kg para os 90kg. Hoje que emagreci uma parte disso (tenho 75kg agora), estou aprendendo a me amar de novo. Nessas horas é importante o amor próprio porque esse mundo está cheio de gente que quer fazer nossa mente e nos diminuir. Eu estava precisando de uma motivação assim para me lembrar de que também sou bonita não importando o meu peso.
    Gostei muito do post. :3

    Beijos,
    Madame Poison

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siiiiim, tu falou uma coisa essencial! Amor próprio é muito importante, porque sim, as pessoas tentam derrubar, tentam te fazer sentir mal. Eu gosto só de mostrar o lado em que já estou bem comigo mesma, mas se eu for fazer um post de todas as vezes que escutei algo sobre meu peso que machucou de verdade, eu acho que vai mais desanimar do que animar! UAUAHUAHUAHUAHUAHAU Você é linda e não importa mesmo o seu peso! Um beijão, e vamo que vamo mostrar pra esses mundo que a gente é linda de qualquer jeito!

      Excluir
  7. Eu amei essa sua definição "Auto-estima não é algo que você ganha ou perde de acordo com o número de kgs que você tem. É um exercício diário". É patético eu falar isso, sou magra, e mesmo assim não me sinto confiante quando olho para o espelho, parece que tem sempre algo que não está certo o bastante.
    Fico feliz vendo que você se ama tanto assim, e que tacou o foda-se para quem perturbar sobre peso <3.

    Com amor,
    Bruna Morgan

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Bru, mas é justamente por isso que auto-estima não tem nada a ver com peso. Quanta mina magra tem distúrbio de alimentação, quantas vezes eu vi gente ficando doente na academia, se lesionando por uma obsessão de corpo, sabe? bru, eu te acho linda, mas poxa, muito mais que linda, tu é criativa, inteligente, talentosa... Te admiro pra caramba, de verdade!
      Beijão!

      Excluir
  8. Oiii Rafalinda!
    Não tenho nem o que falar pois você disse tudo! Espero que sua auto-estima nunca acabe, ela é contagiante!!!
    E como você disse não existe uma receita de bolo para a auto-estima,é um exercício diário.
    Como te admiro rafa! Quando "crescer" quero ser igualzinha a você!
    Parabéns pelo post!
    Beijão linda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alice!
      Sua linda, obrigada pelo apoio!
      Ter auto-estima não é algo que é fácil, mas quando conseguimos é muito bom! <3
      Beijão e obrigada por tudo!

      Excluir
  9. Arrazouuuuu, simplesmente! No look e no texto.
    ~ Batkisses ^'-'^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Lore!
      Tu é uma querida!
      Beijão! <3

      Excluir
  10. Gente! Amei o look! E eu também fico em caso a maior parte do tempo sem maquiagem e de coque e real que saio na rua sem me preocupar muito! Concordo super com o que você falou, a nossa autoconfiança é exercício diário, infelizmente sempre tem e outro pra querer derrubar, mas somos mais fortes do que isso!

    Beijos! 💋

    http://blonde-venus.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sou desencanada com esse negócio de ficar me arrumando, apesar de gostar bastante! O importante é persistirmos nesse negócio de exercício diário! Vamos nos amar, mana!

      Beijinhos!

      Excluir

Postar um comentário

• Comentários agressivos à autora ou aos leitores do blog não serão aceitos;
• Todos os comentários são respondidos, mesmo que demore uns dias. Se quiser acompanhar a resposta ao seu comentário, clique em "Notifique-me" que fica pertinho da caixa de comentário :)
• Se tiver blog, comente o link dele pra eu retribuir a visita :)
• Sua opinião é super importante e é o que me motiva a continuar postando. Obrigada desde já por comentar!

Postagens mais visitadas deste blog

Pin-ups trevosas do Brasil (post em parceria com a @violet.coffin)

Pin-ups alternativas brasileiras (Parte II)

Pin-ups alternativas brasileiras (Parte III)